Transtornos mentais na adolescência: conheça os 4 principais!

4 minutos para ler

A adolescência é um período importante e repleto de mudanças, em que os indivíduos iniciam sua transição da infância para a idade adulta. Também é nessa fase que podem surgir os conhecidos transtornos mentais na adolescência.

Identificar os sinais da doença mental nesse momento pode ser difícil. No entanto, problemas nessa faixa etária envolvem mudanças comportamentais e de humor que são muito mais extremas do que o normal. Conheça os principais transtornos mentais em adolescentes e saiba como identificá-los!

1. Ansiedade

Nem sempre é fácil dizer quando o estresse típico dos adolescentes se transforma em ansiedade. Ainda assim, quem sofre com esse quadro apresenta níveis particularmente altos de inquietação. Tais sentimentos, ao invés de melhorarem por conta própria, pioram com o tempo.

Adolescentes com transtornos de ansiedade lutam com sentimentos de tensão e medo que podem interferir nas atividades diárias, no trabalho e na escola. Além disso, a ansiedade afeta os relacionamentos com colegas e familiares.

O Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG) é o transtorno de ansiedade adolescente mais comum. Envolve ansiedade excessiva ou preocupação com eventos cotidianos. Os portadores experimentam intenso estresse emocional, bem como uma série de sintomas relacionados à ansiedade. Podem, ainda, apresentar angústia excessiva e baixa autoestima.

2. Transtornos alimentares

Os transtornos alimentares entre adolescentes incluem anorexia, bulimia e transtorno da compulsão alimentar periódica. A anorexia nervosa tem a maior taxa de complicação e mortalidade — é, portanto, um dos problemas mentais mais perigosos.

Os distúrbios alimentares na adolescência causam comportamentos dietéticos extremos, afetando a saúde física e mental. Tais condições quase sempre coexistem com outro problema mental.

Adolescentes com distúrbios alimentares tendem a ser temperamentais, ansiosos e deprimidos. Também correm maior risco de abusar de certas substâncias, como álcool e drogas, e ter comportamentos autoagressivos.

3. Transtorno de personalidade borderline

Adolescentes com transtorno de personalidade borderline não sabem como processar emoções. Assim, sem uma identidade firme, as pessoas nessa condição têm extrema instabilidade emocional e nas relações interpessoais. Até uma leve frustração pode levar o borderline a um acesso de raiva, que costuma durar algumas horas.

O transtorno geralmente aparece pela primeira vez em adolescentes e adultos jovens. Essas pessoas, que têm dificuldade de se conectar com os outros e medo do abandono, tornam-se, consequentemente, isolados e desesperados.

4. Depressão

Um dos transtornos mentais mais frequentes em todo o mundo é a depressão. Um episódio depressivo maior é um período de pelo menos duas semanas de humor baixo. Os sintomas incluem baixa autoestima, perda de interesse em atividades normalmente agradáveis, problemas com sono, energia e concentração.

Adolescentes com depressão maior acham difícil ou impossível fazer atividades diárias normais, como trabalhar, estudar, dormir e comer. Aqueles que já tiveram um episódio de transtorno depressivo maior têm mais risco de ter outros.

A depressão maior é uma das formas de depressão que apresenta os sintomas mais graves. Como consequência, podem surgir crises e durar por vários meses, afetando significativamente a qualidade de vida dos adolescentes.

Como vimos, os transtornos mentais na adolescência atrapalham a rotina, o trabalho, a escola e a socialização com outras pessoas. Se você — ou alguém que você conhece — tem alguns dos sintomas, é melhor consultar um profissional quanto antes. Um psiquiatra especializado conectará os sintomas e as experiências vividas com critérios diagnósticos, com o objetivo de ajudar a formular um diagnóstico e a melhor conduta terapêutica.

Agora que você já sabe que a identificação precoce e a intervenção eficaz são as chaves para tratar com sucesso os problemas mentais, então entre em contato conosco e agende a sua consulta!

Dra Karine Cunha

Sobre

O blog Dra Karine Cunha oferece os melhores conteúdos dedicados à saúde mental.

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-
Share This